“Participar é viver a escola não como espectador, mas sim como protagonista, é tomar parte na vida da comunidade.”
Diez (1989)

Se houvera quem me ensinara… é um projeto de Formação de Pais dirigido a toda a comunidade educativa com o objetivo de fortalecer o diálogo, aberto e construtivo, entre a Escola e a Família.

Ao longo do seu ciclo de vida, as famílias atravessam por períodos diferentes e experimentam momentos de muita alegria, curiosidade, bem-estar, mas também de ansiedade, medo e preocupações, a tentação de superproteger, todas as angústias associadas ao primeiro dia de escola, à relação entre os irmãos, os amigos, o estudo, as notas, as expetativas…

Por vezes os desafios e os problemas são mais graves. Uma criança que tem mais dificuldade em aprender ou é mais conflituosa na relação com o outro, o isolamento, ou um acontecimento negativo provocam um impacto profundo na família, exigindo um esforço muito maior para transmitir segurança, conforto e afeto, num ambiente que autonomize e socialize por um lado e por outro proteja e defenda.

“Se houvera quem me ensinara…” propõe uma série de atividades de formação e espaços de partilha que permitem aos pais e encarregados de educação esclarecerem dúvidas, derrubarem mitos e barreiras, adquirirem conhecimentos, sentirem-se acolhidos e compreendidos e workshops artísticos para as famílias (pais, filhos, irmãos, avós, tios e primos) explorarem emoções, descontraírem, partilharem experiências diferentes e divertidas.

Contamos com todos!